Translate

segunda-feira, 21 de junho de 2010

AMOR DE UTOPIA


AMOR DE UTOPIA

Por que te amo?
Por que este coração te chama?
Hoje meu sonho é você,
Irresponsavelmente te amo,
Entreguei-me esta paixão oculta,
Que hoje brilha meu dia
Encanto-me em fantasias
Que não alcança ideal,
Este amor de utopia,
Mas imensamente prazeroso é indubitável
Agora receio, sei que não é meu exclusivo,
Mas me sinto no paraíso quando estou com você
Desvio-me! Sei que tudo é em vão
Por que o meu coração, não vai me obedecer
Mesmo que este amor, viva de fantasia
Sei que por toda vida
Eu vou sempre amar você.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

O POETA

O POETA

Sabemos que os poetas é um ressuscitador
Ressuscita a saudade, ressuscita o amor.
Ressuscita a paixão, ressuscita ate a dor.
É no silêncio da calma no conflito da razão
Escreve versos e trovas falando de grandes paixões
Corre nas veias o sangue da saudade e do amor.
O poeta sim senhor! É um grande sonhador.

Qual poeta não fala! De amor nos seus versados
Os poemas sem amor ficam sem significado
Desprovido de ternura sem sentimento igual
Falta de imaginação falta amor no coração
Eterno são os poetas criadores e criativos
Criam amor criam ilusão mantém a paixão acesa
Nos seus versos ele mostra do amor toda a beleza

ARQUIVO