Translate

sexta-feira, 7 de maio de 2010

ESCRAVA DO AMOR

ESCRAVA DO AMOR

Eu já disse pra você, por favor, não me escreva
Suas cartas amorosas só me causam grande dor
Eu ainda estou tentando livra-me desta paixão
Resolvi não quero mais! Ser escrava deste amor

Não te procurei mais! Pois pensei que me esquecera
Eu procurei ser feliz, mas confesso é ilusão
Esta paixão não acaba quanto mais o tempo passa
Mais maltrata meu coração

Muitas vezes você disse não me esqueça meu amor!
Mais você não me ensinou, como eu poderia arrancar do peito a dor
Se você não me esqueceu, e cobra o meu carinho
Por que você não vem? Por que me deixa sozinha?

A saudade de você é como uma cruz pesada
Confesso que no meu coração a tristeza se instala
Eu crio fantasia e a dor da solidão invade a minha alma
E por te querer demais, aceito! Ser sua escrava.


 

ARQUIVO