Translate

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Feliz 2009


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008




DEUS! Por quê?
Há dias tenho assistido as noticias.
Sempre que vejo a tragédia de Santa Catarina
Não posso conter as lagrimas sou católica não praticante...
Mas creio que existe um DEUS como diz a bíblia o criador do céu e da terra.
E vendo tanta destruição tanta dor! Fico á me perguntar por quê? Senhor!
Será por desacreditar na tua força? porque deste a eles tanta prosperidades e agora eles perdem tudo? Senhor Deus há alguém que vai me dar alguma resposta por que aqui no meu peito também sente a dor, de ver tanto sofrimento de quem tudo perdeu até seus entes queridos
Oh!Senhor!Por quê? Desamparaste teu povo?
Venho a imaginar o que aquelas pessoas com tanta dor possam dizer neste momento.
Até mesmo desacreditar neste Deus que tudo ver.

E agora em quem posso crer?
Construí meu alicerce com concreto nada mais firme pensei
Ninguém poderá derrubar demoli meus sonhos que ali construí
A estrutura de um sonho realizado organizado criativo.
Iria deixar para meus filhos e netos.
Pensei que! agora sim, esta realizado todos meus sonhos
Pois confiei em um Deus criador por que só ele poderia me tirar tudo
Meus sonhos que se tornara real.
Então veio a chuva o vento o desmoronamento levando-me tudo
Todos os sonhos realizados e até as pessoas que eu amava
Nesta hora fico tentado nem sei mais em quem posso crer
Neste Deus que me deu tudo, a minha força e vontade
Nele que tudo ver! Agora tirou tudo depois dos sonhos realizados
E agora em quem posso crer?...
Senhor eu aqui simples e pecadora
-Deixo minha prece a todos aqueles que sofrem
E também aqueles anjos humanos que estão pronto para ajudar.

SENHOR
Perdoa aqueles que no momento de dor, te profanou.
Dar-lhes tranqüilidades e novamente esperança.
Senhor! dar-lhes virtudes e força aqueles anjos que hoje são solidários
E mais confiança a quem descobriu o quanto é bom ajudar o próximo
Senhor! Sou pobre na fé, não sei te pedir, mas atenua a dor de todos estes irmãos
Prepara senhor! para uma nova vida
Cura... Senhor, as feridas não só do corpo...
Mas também do coração.
Multiplicai-vos o amor, e semeia o bem
AMEM.
Quem quiser me mandar um e-mail comentando criticando ou mesmo me dando uma resposta de: DEUS por quê? Vou ler com carinho e responderei se preciso for.
Carminhaf21@yahoo.com.br
Não acompanhar imagem, por favor,
Ou deixe seus comentários aqui e também nos sites
http://www.mensagensvirtuais.com.br/msgs.php?id=36056

segunda-feira, 24 de novembro de 2008



FOI SEM QUERER
****Ducarmo de Assis
Sem querer! Te encontrei...
Sem querer! Que te olhei...
Sem querer! Contigo sonhei...
Sem querer! Eu te amei...

Sem querer! Fugi de ti
Sem querer! Eu ti perdi
Sem querer! Fico chorando
Sem querer! Sigo te amando

Sem querer! Que eu errei
Sem querer acreditei
Sem querer! Eu te julguei
Sem querer me afastei.

Sem querer! Te procurei
Sem querer! Te desejei
Sem querer! Senti saudade
Sem querer! Me apaixonei

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

segunda-feira, 17 de novembro de 2008



ENCANTO
***Ducarmo de Assis
Esconde-se dentro de ti um esplendor
Que semeia primor enchendo minha alma de esperança
E tornando-a vazia. Este cansaço este medo esta dor
Que me traz as lembranças nos teus versos de amor
São toqueis melodias contidas suáveis
Sem querer jamais ser esquecidas
Nada mais quero se não este encanto
Que agora procuro nos seus versos
Escrito de antigas
lembranças

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

segunda-feira, 20 de outubro de 2008


Clik na imagem para ver o tamanho.
Para colar nos recados dos amigos copie o codigo abaixo


CIUME.

O que é isso?
Que me faz ficar zangada
Ficar toda atrapalhada
Quando não estou contigo!
Será que é o ciúme
Que me faz ficar assim
Por não ter você por perto
E sempre longe de mim.
O que é isso?
É paixão descontrolada
É ciúme exagerado
Mais já parei pra pensar.
Vou deixar você sozinho
Vou segui o meu caminho
Por que vou me libertar.
O que é isso?
Já não sei mais quem eu sou
Vou libertar-me deste amor
Que me faz tanto sofrer.
Este sentimento estranho
Que me faz enlouquecer
Percebi que é ciúme
Que eu sinto de você
O que é isso?
A doença do amor
É o medo de perder
Vou curar esta doença
Para não perder você.
***(M. do Carmo de Assis)

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

quarta-feira, 17 de setembro de 2008


QUE DIA É HOJE?

Vou anotar este dia
Escrever em poesia
Pois não sei se é tristeza
Ou se é uma alegria...

Ontem ao repousar
Fiquei em ti a pensar
E quando o sono chegou
Voltei com você sonhar...

E quando eu acordei
A tristeza me pegou
Por que só me fez lembra
De quando se afastou...

Tentei novamente dormir
Pra ver se voltava a sonhar
Pois em sonho sempre dizia
Que voltou a me amar...

Este sonho sempre vem!
Eu não quero mais sonhar
Pois quando se ama alguém
Nunca deixa de amar...



Vou anotar este dia
Pois não posso esquecer
Que prometi a mim mesmo
Não lembrar mais de VOCÊ.


quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Aeroporto de Pequim imagens
que recebi por e-mail
As colunas vermelhas são para lembrar os antigos templos chineses.




Aeroporto de Pequim lindo
Lindo


São 90 lojas, bares, restaurantes e salas de massagem,

tudo para o conforto do passageiro e para o desgaste do bolso.



Elementos da cultura chinesa estão espalhados por todo o aeroporto de Pequim.
Aeroporto de Pequim
Esteira rolante.

Aeroporto de pequim sala de espera pela manhã.

É bom que passe protetor solar com sol num é nada bom

Aeroporto de pequim Sala de espera ao cair da tardinha
Aeroporto de Pequim
Visão aérea. O aeroporto receberá mais de 500 mil vôos por ano.

Aeroporto de pequim Arquitetura inspirada em um dragão, típico da cultura daquele país


Teto em aço com aberturas que garantem uma iluminação interna natural.


Aeroporto de pequim projetado pelos arquitetos britânicos


Estas imagens foram envidas por e-mail.

sábado, 23 de agosto de 2008

terça-feira, 5 de agosto de 2008



SOMBRA DO PASSADO
Hoje remexendo o velho baú encontrei uma carta sua...
Amarelada pelo tempo e mesmo sem querer ler,
Depois de tantas que rasguei para não lembrar a sombra do passado.
Lancei um temeroso olhar sobre aquelas letras que mal dava p/ enxergar
Vi umas frases que dizia.
“Nem o tempo nem a distancia irá separar você de mim. Você é minha vida.”
Fiquei a pensar e refletir por quê?
Se eu era sua vida! Você se afastou de mim meu amor...
Foste tu sim! A minha vida, pois levaste contigo metade de mim...
E a outra metade está vivendo a vagar! A procura de outro amor encontrar.
Meu peito encontra-se esvaziado, levas-te meu precioso objeto de afeição
Hoje minha vida é um tédio tudo é sombra...
Meu pensamento vaga pela a angústia de tua partida.
Resta apenas saudade e desilusão.
Quisera eu encontrar-te, e meu coração restituir
E com outro amor dividir.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

INESQUECIVEL AMOR


Carta a um inesquecível amor
INESQUECÍVEL AMOR.
Perdoa-me por insistir, e dizer tantas vezes que vou te esquecer.
E volto a te escrever.
Por não cumpri a promessa que te fiz de não mais te procurar.
Sinto-me enganada por este coração...
E percebendo a minha insanidade de achar que suas palavras eram belas
e me caiam como melodia...
Puro engano... Eram palavras ásperas e fúteis...
E mesmo assim volto a te escrever, só para sentir um pouco de você...
Para ver o seu sorriso ao longe, e assim aquietar meu coração de vez.
Mas de você tenho só o silencio que se rompe com o som dos teclados,
depois de passar horas pensando se devo novamente reviver o passado.
Ingrato TU ES! Oh doce criatura, pois a cada encontro tudo que você disse destruiu em um breve momento todo o encanto de harmonia, e meu coração ficou despedaçado.
Não encontro mais aquele jovem de palavras doces... Onde estais? Perdeu-se na ilusão.
Pensas tu oh! Doce criatura que deixaria levar-me pelo pecado da carne? Engana-te, pois meu coração só sabe amar e entregar-se por amor... Seja como for! Perdoa-me por ainda alimentar este inesquecível AMOR.
(Ducarmo de Assis)

terça-feira, 29 de julho de 2008

ARQUIVO