Translate

terça-feira, 22 de abril de 2008

UM DIA

UM DIA

Se um dia ao anoitecer, eu ai chegar!
Não me culpes meu amor!
Foi a saudade que não pude suportar.

Ducarmo de Assis

quarta-feira, 16 de abril de 2008

MÃE


Mãe!
Um exemplo de mulher.
Mãe uma benção que Deus criou! Que dar amor...
que sofre por não dar toda a felicidade para o filho...
e sempre acha que é pouco o seu amor...
Mãe uma simples mulher, que se destaca pelo o carinho,
Pelo o afeto que dar aos filhos e é capaz de dar a vida
Novamente ao ver o filho em perigo.
Mãe! é amiga é carinho, força, é união...
Mãe é anjo! é meu anjo de proteção.
FELIZ DIAS DAS MÃES.

Ducarmo de Assis

terça-feira, 15 de abril de 2008

BOM DIA

BOM DIA!
Vim te trazer flores...colhida no jardim do amor
nelas te trago o carinho, a plenitude da vida,
o brilho da esperança...
o sorriso da criança,
o perfume que você deixou...
e a saudade que
ESTOU.
(DucarmodeAssis)

segunda-feira, 14 de abril de 2008

FELICIDADE



Arrisque-se não tenha medo... enfrente tudo pela sua felicidade ...
Deus te deu a vida o sol,a lua o mar! não tenha medo de arriscar!
Ele está lá se você cair te levantar.
(Ducarmo de Assis)

domingo, 13 de abril de 2008

quinta-feira, 10 de abril de 2008

PROMETA-ME

Prometa-me
***Ducarmo de Assis
Prometa-me! que um dia vamos nos encontrar...
Bater um papo, caminhar lado a lado.
Prometa-me! que vai passar aqui!

na minha cidade, no meu bairro na minha rua,
pra eu te ver, te conhecer te abraçar.
Prometa-me! mesmo que seja mentira.
Que você quer me conhecer.
Nossos caminhos vão se cruzar
E a saudade eu vou matar.
Prometa só uma vez! Que irei te esperar.

E quando você chegar poderemos passear...
Caminhar a luz da lua a beira mar!sentir o vento nos tocar...

E se a saudade chegar.
Fico feliz em pensar... que um dia prometeu-me.
Você vai aparecer!
E minha saudade
MATAR.


terça-feira, 8 de abril de 2008

SAUDADE DE VOCÊ


SAUDADE DE VOCÊ.
*** autoria:Ducarmo de Assis
Sei que não lembra mais de mim.
Que já me esquecera, eu não queria senti-la mais!
Não posso dominar esta saudade!
Esta dor, esta tristeza que invade meu peito.
Sei que esta saudade não vai passar...
Quero te procurar mais não posso... pois despreza-me,
o meu sentimento, o meu amor, ou minha amizade.
Tenho que superar, te deletar te excluir da minha vida do meu coração
Que tende a teimar a te esperar.
não vejo mais seu rosto seu corpo me esquecera de vez!
Sei que estais nos braços de outro amor...
Que vou fazer? se não consigo te esquecer!
Se meu coração não entende, esta saudade aumenta
E como eu iria Saber!
Que sentiria tanta falta de VOCÊ?

quarta-feira, 2 de abril de 2008

AMOR IMPOSSÍVEL


AMOR IMPOSSÍVEL.
Hoje e todos os dias a tristeza me sufoca, a solidão me atinge...
Penso em ficar contigo, mas o que fazer! deste amor impossível, ficas longe e eu na saudade me pergunto por que só agora nos encontramos? Por que só agora descobrimos este grande amor? Esta paixão onde nenhum dos dois pode se entregar inteiramente.
Será tarde de mais? Por que estais a dividir este amor em outros braços. Oh! que sofrer
que saudades de você.
As vezes arrependo-me por te amar de mais! e sinto que também me amas... mas entregas este amor também em outros braços, enquanto fico aqui à esperar as sobras deste amor que me enlouquece, satisfazendo-me com simples palavras enquanto meu desejo era está contigo e entregar-me a este amor proibido.
Passo horas acordada lembrando dos pequenos momentos que ficamos juntos e da imensa saudade que sinto por não está ao teu lado. Sinto-me escrava deste impossível amor, que mata-me de tanta DOR.

ARQUIVO