Translate

segunda-feira, 31 de março de 2008

EU AMO VOCÊ

Eu amo você
Amor
Como posso sentir tanta saudades de ti?
Como posso fazer você entender que você é meu sonho, minha vida...
Como posso fazer eu mesmo entender que tenho que te esquecer?
Meu coração não entende eu sinto você afastando-se de mim
Tenho medo! Medo! do que sinto medo de te perder...
Por que?
Eu amo você.

sábado, 29 de março de 2008

EU QUERIA SER

EU QUERIA SER
***Ducarmo de Assis
Eu queria ser! chefe da tristeza!
Para ela nunca chegar perto de ti...
Eu queria ser! chefe das mágoas!
Para que teu coração não conhecer-se tamanha dor...
Eu queria ser! chefe da solidão!
Para ela não chegar até você!
e você nunca sentir-se só.
Eu queria ser! chefe da felicidade!
Para não deixar que ela afastar-se um centímetro de perto de ti
Eu queria ser! chefe da alegria!
Para nunca deixar apagar o sorriso estampado dos teus lábios.
Eu queria ser! chefe do teu coração!
Para dominá-lo, para que ele nunca sofra as mágoas de uma paixão.
Eu queria ser chefe da paz!
Para dominar o mundo e em todo lugar que passares seja de uma
ETERNA PAZ.

sexta-feira, 28 de março de 2008

ENSINA-ME A AMAR

ENSINA-ME A AMAR
Ducarmo de Assis
Meu coração machucado
Desanimado cujos sonhos foram levados.
Quero reaprender a amar.
Reabrir meu coração a vida
Ao amor a você! Que não deixa
Eu te esquecer.

Ensina-me a amar a te querer
Oh! Este coração partido
Magoado ferido...
Esta insegurança, este medo de amar!
De ter meu momento mágico
Ao seu lado por medo de sofrer.

Quero te amar? Não sei! Tenho medo.
Medo de amar de me entregar.
Por que o amor vive a nos chamar.
E teima em nos machucar
Ensina-me a amar! a querer
Amar...VOCÊ...




ENCINA-ME AMAR
***Ducarmo de Assis
Meu coração machucado
Desanimado cujos sonhos foram levados.
Quero reaprender a amar.
Reabrir meu coração a vida
Ao amor a você! Que não deixa
Eu te esquecer.
Ensina-me a amar a te querer
Oh! Este coração partido
Magoado ferido...
Esta insegurança, este medo de amar!
De ter meu momento mágico
Ao seu lado por medo de sofrer.

Quero te amar? Não sei! Tenho medo.
Medo de amar de me entregar.
Por que o amor vive a nos chamar.
E teima em nos machucar
Ensina-me a amar! a querer

Amar...VOCÊ


DESEJOS



Desejos
***Ducarmo de Assis
Desejo um dia te ver! te conhecer!
Esta contigo te tocar, olhar teu corpo acariciar.

Desejo está contigo, sentir o seu respirar...
Quero sentir teu calor...E por fim quero te amar...


Desejo você presente não suporto à ausência...
Saciar nossos desejos...
Que só! tem a distanciaTuas caricias,
Teus beijos quero sentir
Teu corpo abraçar, e o virtual acabar.

Desejando ser real, este amor que alucina...
Mergulhar neste prazer...
Oferecer o meu corpo e o teu deliciar,
O meu corpo te deseja meu coração te chama.
Quero amor quero afeto!
Quero ter você bem perto.
E nossos desejos matar.

SAUDADE


SAUDADE.
Por que sinto falta de você?
Por que está saudade?
Eu não te vejo mas imagino suas expressões,
sua voz teu cheiro. Sua amizade me faz sonhar com um carinho,
Um caminhar, a luz d.a lua, a beira mar.
Saudade este sentimento de vazio que me tira o sono
me fazendo sentir num triste abandono,
é amizade eu sei, será amor talvez...
Só não quero perder sua amizade, esta amizade...
Que me fortalece me enobrece por ter você.
***Ducarmo de Assis

quinta-feira, 27 de março de 2008

LIMITE


LIMITE.



Meu amor estou no meu limite
Não posso, mas esperar.
Não tenho, mas a certeza
De que você vai voltar.
Te espero há muito tempo.
Este dia que não chega!
Está saudade não passa,
Quero te ver! Te encontrar...
Entreguei meu coração
E agora me deixa na solidão.
Que devo fazer sem você?
Que devo fazer sem este amor?
Que me consome...
com a saudade que me mata...
Não quero mais te ver!
Não quero mais sofrer...
***Ducarmo de Assis


AMIGO VIRTUAL

AMIGO VIRTUAL
***Ducarmo de Assis.

Muitas vezes não sabemos explicar para os amigos o quanto os amamos...
Não sabemos expressar as palavras certa...
para que possamos ser entendido pelo coração.
A distância que separa os amigos não faz nenhuma diferença...
Pois mostramos nosso carinho do mesmo jeito...
O amor que sentimos é tão lindo e puro...
que chegamos a sentir dores de tanta saudade
Quando não teclamos ou recebemos notícia destes amigos...
São amigos que muitas vezes nos deixa feliz quando estamos triste
e precisando de uma palavra amiga,
de um recado, uma mensagem, ou até mesmo um olá!
do amigo que há tempos não dar notícia...
E quando recebemos um e-mail depois de tanto tempo...
e nesta hora que queria-mos abraça-los e dizer sem nenhum medo...
AMIGO EU TE AMO.

REVIVER

REVIVER.
**Ducarmo de Assis

Pensei que não conseguiria obrigado por me ensinar a viver.
Pois com sua ausência aprendi que viver é preciso
Senti medo pensei que morreria sem você
Hoje percebi que me fortaleci, e de você me esqueci.
Vejo você voltar! me procurar Antes pedi que ficasse e você nem ligou
nem me procurou Pra um simples adeus. hoje não quero mais,
juntei os pedaços do meu coração... entreguei a quem quer me amar!
a quem sabe amar. Chorei demais, cheguei a sentir pena de mim mas estou aqui sobrevivi com outro amor estou. Não quero mais você cansei de me lamentar. Não quero te amar, não quero mais voltar.
Vou reviver vou voltar a AMAR

TENHO MEDO

TENHO MEDO

Ducarmo de Assis

Medo de te falar.
Medo de declarar o que sinto.
Tudo em ti me seduz !
Teu corpo tua pele macia,
teu sorriso, teu olhar...Tenho medo!
Medo! de dizer que te amo,
que te desejo te quero aqui comigo!

Entro em delírios quando estou perto de ti...
Que tentação... Que loucuras você me faz sentir...
Quero tocar-te! Sentir teu cheiro
QUERO TE AMAR!


FELIZ PÁSCOA


domingo, 23 de março de 2008

AMOR VIRTUAL





Amor Virtual
Ducarmo de Assis
Se um dia eu te encontrar!
Quero te dar meu carinho...
O grande amor que eu sinto..
Nas palavras que teclamos...
No amor que dedicamos...
E toda saudade matar..

Se um dia eu te encontra!
Eu quero te amar real...
Esquecer o virtual
Caminhar a luz da lua...
Sentir a brisa do mar!
Viveremos grande amor...
E faremos juras!
De nunca nos separar.

sábado, 22 de março de 2008

A FELICIDADE




A felicidade
Ducarmo de Assis
Não me procure mais! Estou aqui ao seu lado...
Sempre estive e você não ver.
Sinta-me no vento que toca seu rosto.
Na chuva que molha teu corpo...
Sinta-me nos raios do sol que te aquece
No brilho da lua que te ilumina
Sinta-me na força do mar.
Nos passarinho a cantar.
Nos dias de primavera
Nas folhas que no outono cai só pra te acariciar.
Sou a felicidade...não precisa me procurar.
Estou dentro de você!
Estou em todo lugar.

ARQUIVO